As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que eu respeito quem discorda de mim no aborto, armas, Síria e Irã?

gustavochacra

04 de novembro de 2015 | 14h02

Um dos problemas do mundo é as pessoas se acharem superiores e donas da razão. Eu mesmo cometo constantemente este erro. Achamos que nossas ideias são as certas e ponto final. Há uma certa dificuldade de vermos pontos positivos e negativos em uma série de questões.

Eu, por exemplo, sou a favor do direito ao aborto e de algumas restrições ao porte de armas aqui nos EUA (defendo verificação de antecedentes e banimento das vendas de armas de ataque) – acho o contexto do Brasil distinto, pois não existe a Segunda Emenda da Constituição. Mas entendo e respeito quem discorda de mim nestas duas questões, especialmente no caso do aborto.

O mesmo vale para a Guerra da Síria. Sou contra um envolvimento maior dos EUA no conflito e acho que Bashar al Assad poderia permanecer no poder em um primeiro momento para a estabilidade ser mantida e minorias religiosas, como as cristãs e alauíta, não serem massacradas por rebeldes da oposição. Mas entendo quem discorda de mim. No caso do acordo EUA-Irã, também. Sou a favor, mas conheço muita gente séria que eu respeito que é contra.

E, por último, o livre comércio. Sou a favor de derrubadas de barreiras. Mas gosto de ouvir quem discorda de mim. Enfim, debates são interessantes e apenas nos enriquecem, desde que a educação seja mantida.

No Twitter e no Facebook, infelizmente, vejo pessoas fazerem troça de outras por discordarem da opinião e se acharem dona da razão.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. E comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram