As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que o Brasil, Israel e EUA não reconhecem o Genocídio Armênio, mas o pequeno Líbano reconhece?

gustavochacra

28 de janeiro de 2014 | 14h26

O governo do Líbano lançará um selo para marcar um século do Genocídio Armênio. Ao todo, no mundo, além do Líbano, há 10 países que reconhecem o Genocídio Armênio, cometido pelo Império Turco-Otomano. São eles – Argentina, Bélgica, Chile, Chipre, França, Canadá, Alemanha, Grécia, Itália e Lituânia.

Lamentavelmente, nações como Brasil, Estados Unidos e Israel não reconhecem um dos maiores genocídios do século 20 ao lado do Holocausto, do Camboja e de Ruanda. Um dos argumentos seria o de que a Turquia ficaria irritada. Mas o pequeno Líbano mantém ótimas relações com os turcos e reconhece, sempre saindo em defesa da proeminente população armênia libanesa.

Vale ressaltar que a Turquia nega ter ocorrido o genocídio. Indo contra historiadores de todo o mundo, argumenta que as mortes teriam sido consequência da guerra. Seria como os que negam ter ocorrido o Holocausto. E nunca entendi o motivo, pois a República Turca não é uma continuação do Império Otomano.

Espero que o Brasil se junte a libaneses, franceses e argentinos no reconhecimento do Genocídio Armênio. A comunidade armênia brasileira precisa ter este respeito, assim como a judaica tem na questão do Holocausto. O presidente Barack Obama, que tanto falou do reconhecimento quando era senador, deveria cumprir a promessa. Israel também, especialmente porque os judeus também foram vítimas de genocídio no Holocausto.

Sei que já escrevi no passado, mas insistirei nesta questão deprimente de não reconhecerem o Genocídio Armênio.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.