As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que Obama voltará a armar a ditadura do Egito?

gustavochacra

01 de abril de 2015 | 10h08

Os Estados Unidos descongelou a entrega de armamentos para o Egito, apesar de o país seguir com um regime autoritário, repressor, que mata e prende opositores ou mesmo manifestantes pacíficos e censura a imprensa. Verdade, o regime de Sissi tem apoio de importante parcela da população – da mesma forma que Bashar al Assad ou mesmo Fidel Castro. Mas, assim como na Síria ou em Cuba, quem não o apoia é duramente combatido.

Inicialmente, o governo de Barack Obama argumentava que apenas descongelaria a entrega de armamentos, incluindo doze caças F16, se houvesse avanço em direção à democracia. Isso não ocorreu. O Egito é uma ditadura. Mas a Casa Branca argumentou ser de interesse da segurança nacional, pois estas armas podem ser usadas no combate ao terrorismo, especialmente no Sinai.

Ao mesmo tempo, coibiu o uso de crédito pelo Egito. Os egípcios recebem US$ 1,3 bilhão por ano em ajuda militar. Até hoje, podia usar mesmo parte da quantia que não recebeu mas prevista para receber no futuro para comprar armas, como se fosse um “cartão de crédito”. Agora não poderão mais agir desta forma.

Noto que o Egito reprime opositores mesmo sem estar em Guerra Civil. O regime de Bashar al Assad combate grupos rebeldes, mas dentro de um contexto de guerra. E os adversários de Assad são a Al Qaeda (Frente Nusrah) e o ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh). Os de Sissi são a Irmandade Muçulmana, que abdicou há anos da violência e não possui milícia armada.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus.