As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Processo de paz israelo-palestino e América Latina são ignorados em debate

gustavochacra

26 de setembro de 2008 | 23h37

Em um debate sobre política externa no qual a América Latina foi completamente ignorada, não houve nenhuma novidade em relação ao Oriente Médio. Obama afirmou que a Guerra do Iraque foi um erro, enquanto McCain o criticou por não ter apoiado o “surge”, que é considerada uma das estratégias responsáveis pela redução da violência. Os dois candidatos também tiveram posições distintas em relação ao Irã, com o democrata sendo mais favorável a negociações com o regime de Teerã, enquanto o republicano pediu ainda mais pressões. O processo de paz israelo-palestino não foi discutido no debate. Mas, em meio aos outros temas, ficou claro que tanto Obama quanto McCain concordam que Israel é um aliado especial dos Estados Unidos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.