Qual o grupo mais popular da Guerra da Síria? O Regime de Assad

gustavochacra

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Restam 4 de 5 matérias gratuitas no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

O regime de Bashar al Assad ainda é o lado mais popular dos envolvidos na Guerra da Síria. Aproximadamente a metade da população do país possui uma imagem positiva do líder sírio, de acordo com pesquisa do instituto britânico ORB com parceria com a BBC, realizada em todas as regiões da Síria, incluindo as controladas pelo ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh).

Em Damasco, capital do país, a popularidade de Assad atinge quase 60%, bem superior à de muitos chefes de Estado do mundo. Mas o apoio ao líder sírio despenca em outras regiões sírias, incluindo Aleppo.

O ISIS, por sua vez, é o grupo mais popular nas áreas sob seu controla, com 70% do apoio – em Damasco, porém, o apoio ao ISIS fica em 1%, além de zero na Costa Mediterrânea, bastião de Assad. Os pesquisadores receberam autorização do grupo para realizar a pesquisa em Raqqa e outras regiões.

No geral da Síria, a classificação de popularidade é a seguinte

. Assad – 47% positivo, 50% negativo

. Irã (aliado de Assad) – 43% positivo, 55% negativo

. ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh, inimigo de Assad) – 21% positivo, 76% negativo

. Frente Nusrah (Al Qaeda na Síria, inimiga de Assad) – 35% positiva, 63% negativa

. Opositores reconhecidos pelo Ocidente (Inimiga de Assad) – 26% positivo, 72% negativo

. Países Árabes do Golfo (inimigos de Assad) – 37% positivo, 55% negativo

. Exército Livre da Síria (apoiado pelos EUA) – 35% positivo, 63% negativo

O apoio aos bombardeios contra o ISIS é de 50%. E para 57% o país está na direção correta, enquanto 21% avaliam que a vida hoje é melhor do que antes da guerra

Analisarei os resultados em outro post

LEIA TAMBÉM NO BLOG

. Por que a Síria não cancelou o Campeonato de Futebol?

. Minha carta para nós brasileiros descendentes de sírios e libaneses

. Você emigraria para a Europa se fosse sírio?

. Afinal, dá para explicar a Guerra da Síria? Sim, em 10 itens no blog

. Por que a hipócrita Arábia Saudita não recebe refugiados sírios?

. Qual a geopolítica por trás da morte do bebê sírio?

. Minha carta para os europeus receberem imigrantes e refugiados da Síria

. Guia para entender o drama dos refugiados sírios na Europa

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Siga o Estadão