As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem disse que Israel é de direta e a Palestina, de esquerda?

gustavochacra

01 de abril de 2014 | 12h53

É um erro achar que Israel seria uma bandeira da direita e a Palestina, da esquerda. Isso ocorre porque pessoas que não acompanham o conflito tendem a achar que defender Israel equivale a ser pró-EUA e defender a Palestina equivale a ser anti-EUA. Mas vamos aos fatos.

Israel nasceu com ideais socialistas, sendo por muitos anos governado pelo esquerdista Partido Trabalhista, associado a sindicatos. A base do início da formação de Israel foram fazendas coletivas, o kibutz. A Palestina nunca teve um Estado. A base da economia das cidades palestinas sempre foi o suq, que é o puro livre mercado. Seria quase libertária.

O problema é que hoje, inclusive no Brasil, alguns direitistas radicais na imprensa defendem Israel de uma forma equivocada, esbanjando preconceito. Desta forma, Israel passa a ter uma imagem negativa. E, inclusive no Brasil, esquerdistas radicais defendem a Palestina de forma equivocada, também esbanjando preconceito. Sem querer, quem os lê pode justamente passar a apoiar o lado adversário.

Por último, são óbvias qualidades e os defeitos dos dois lados. E não dá para ser verdadeiramente pró-Israel sem ser pró-Palestina e vice-versa. O resto deixe para os babacas radicais de direita e radicais de esquerda. Saiba apenas que Tel Aviv é uma mistura com o melhor de de San Francisco com Barcelona e Nablus é uma das últimas cidades árabes que guarda resquícios de épocas melhores, sem ter entrado na decadência de Aleppo ou Alexandria.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, antocristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.