As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem é Ben Carson, o único negro nas primárias republicanas nos EUA?

gustavochacra

04 de maio de 2015 | 16h50

Ben Carson é o único candidato negro entre os republicanos. E, provavelmente, o mais anti-Obama de todos. Não está entre os favoritos, mas tem obtidos razoáveis resultados nas pesquisas das primárias republicanas, ficando em um segundo escalão, bem abaixo dos favoritos Jeb Bush (ex-governador da Flórida), Scott Walker (governador de Wisconsin) e Marco Rubio (senador pela Flórida).

Quem é Carly Fiorino, a única mulher nas primárias republicanas?

E por que Carson é tão anti-Obama? Na verdade, Carson avalia que sua história de vida, e não a de Obama, deva servir de exemplo para os negros e outras minorias. O republicano cresceu em um gueto em Detroit, foi aceito em Yale e posteriormente estudou medicina na Universidade de Michigan. Aos 33 anos, assumiu o comando do departamento de neurocirurgia pediátrica da Escola de Medicina da Universidade John Hopkins, considerada uma das cinco melhores dos EUA. Foi um dos pioneiros em cirurgia para separação de cérebros de gêmeos que nasceram grudados.

Este gênio da medicina ganhou destaque quando começou a criticar duramente Obama em seus discursos. Na visão dele, o Estado não deve ser responsável por bancar as camadas mais pobres da sociedade. Segundo o médico, os pobres devem ser ensinados a ter responsabilidade. Ele também é totalmente contra a reforma do sistema de saúde implementada pelo atual presidente. Disse ser a pior coisa que ocorreu para os EUA desde a escravidão (algo chocante para um negro, pois até cinco décadas atrás ainda havia a segregação no sul).

Com uma agenda conservadora, Carson ainda comparou o homossexualismo à pedofilia. Suas declarações sobre os gays foram duramente condenadas pelas entidades LGBT.  De forma surpreendente para um médico com seu histórico, afirma que a teoria da evolução é um mito, dizendo acreditar em Adão e Eva.

Dos pré-candidatos, Carson é o único não político – a executiva Carly Fiorino tentou ser senadora. Disputará a camada de eleitores mais conservadoras do partido com Mike Huckabee, apresentador da Fox News e ex-governador de Arkansas, e o Ted Cruz, senador pelo Texas e conhecido pelo talento para debates desde os tempos da faculdade. Antes popular com os negros, Carson viu o seu apoio entre as minorias despencar com a sua agenda conservadora e seus ataques a Obama.

De acordo com compilação de pesquisas do Real Clear Politics, Carson tem 4,8% das intenções de voto. Bush lidera com 15%, seguido por Walker com 12%, Rubio (11,8%), pelo senador de Kentucky Rand Paul (9,3%), Cruz (9%), Huckabee (8,3) e o moderado e carismático governador de Nova Jersey, Chris Cristie, com 6%, mas queimado por escândalos. Carson seria o próximo da lista.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus.