As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem é o socialista que enfrentará Hillary na primária Democrata?

gustavochacra

30 de abril de 2015 | 11h16

Hillary Clinton é a maior favorita em uma primária, que não inclua um presidente ou vice-presidente, da história moderna americana. Portanto o anúncio da pré-candidatura do senador Bernie Sanders para disputar a Presidência pelo Partido Democrata não afetará o resultado final. Apenas a carismática senadora Elizabeth Warren teria uma chance mínima de bater de frente com a ex-secretária de Estado, mas até agora ela indicou que não entrará na disputa.

Por outro lado, Sanders pode levar a candidatura de Hillary mais para a esquerda. Um ultra-liberal, no sentido americano da palavra (de esquerda, diferente do europeu ou brasileiro, que tem a ver com o liberalismo econômico clássico), o senador por Vermont se descreve abertamente como socialista. Em um debate, ele tentará propagar ideias mais esquerdistas nas áreas sociais e econômicas. Caso tenha um desempenho razoável nas primárias, seu discurso, próximo da esquerda europeia, poderá ganhar força. Sem falar que Sanders possui muitos simpatizantes com dinheiro, apesar de suas posições.

Mitt Romney e John McCain, moderados dentro do Partido Republicano, tiveram de migrar para a direita nas primárias republicanas. O mesmo ocorreu com John Kerry, que precisou migrar um pouco para a esquerda em primárias democratas.

Hoje Sanders tem 5,6% na média das pesquisas compiladas pelo site Real Clear Politics. Está em quarto lugar, atrás de Hillary (62,6%), Warren (12,7%) e do vice-presidente, Joe Biden (9,8%) – levem em conta que Warren e Biden, até agora, não estão na disputa. Em New Hampshire, Sanders sobe para 11,3%, ultrapassando Biden, a Hillary cai para pouco mais de 50% (Warren sobe para 23%).

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus.