As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem são as pessoas mais famosas da história do Brasil? E dos EUA? Em Israel? Na Síria? Na Rússia? Na França?

gustavochacra

24 de março de 2014 | 12h10

O MIT criou um algorítimo para definir quem são as pessoas mais famosas do mundo em todos os tempos, denominado Pantheon. Vale a pena entrar no site e vasculhar. Neste post, vou me focar um pouco nos brasileiros. A lista dos mais conhecidos segue a seguintes sequência

1. Pelé
2. Ronaldo
3. Ronaldinho
4. Paulo Coelho
5. Ayrton Senna
6. Kaká
7. Rivaldo
8. Zico
9. Garrincha
10. Lula

Neymar aparece apenas em 16o, atrás até de Robinho (14o). A primeira mulher, surpreendentemente, é a modelo Adriana Lima, em 13o, à frente da legendaria Gisele Bundchen (20o) e da presidente Dilma Rousseff, em 24o, logo atrás de Daniel Alves. O piloto Rubens Barrichello (27o) supera Getúlio Vargas, Dom Pedro II, Heitor Villa-Lobos e o bicampeão mundial de F1 Emerson Fittipaldi – mas perde para Nelson Piquet, em 26o

Nos EUA, os cinco primeiros são Martin Luther King Jr, Elvis, Disney, Benjamin Franklin e Edgard Allan Poe

A França tem Napoleão, Joana D’Arc, Descartes, Voltaire e Pascal

A Itália vai de Da Vinci, Julio Cesar, Archimedes, Michelangelo e Augusto

A Rússia tem Lenin, Dostoyevsky, Tolstoi, Pushkin e Chekov

A Argentina elenca Che Guevara, Messi, Maradona, Evita e Perón (Borges é o sexto)

Israel apresenta Salomão, Maria, João Batista, Maria Madalena e Isaac

Na Palestina, Jesus, David, São Jorge, Heródoto e São José

Portugal tem Vasco da Gama, Fernão de Magalhães, Cristiano Ronaldo, Bartolomeu Dias e Antonio de Padua

A Síria vai de São Pedro, Felipe (o Árabe), Posidonius, João de Damasco e Zenobia (Assad, pai e filho, não emplacam o top 10, ficando em 13o e 15o)

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, antocristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: