As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rússia e EUA não mandam em Assad e nos Rebeldes

gustavochacra

13 de maio de 2013 | 11h04

Mesmo que quisessem, a Rússia e os EUA seriam incapazes hoje de interromper a guerra civil na Síria. Moscou não tem tanta influência sobre o regime de Bashar al Assad. E os americanos muito menos sobre os opositores sírios.

Assad depende acima de tudo do apoio do Irã. Além disso, está evoluindo no conflito e não vê motivos para ceder. Neste momento, o viés está a seu favor, com a recuperação de uma série de territórios que haviam passado para as mãos da oposição. A pressão russo, que não existirá pois eles torcem pelo regime, não o impediria de seguir adiante com o suporte iraniano, do Iraque e do Hezbollah, além de expressiva parcela da população síria.

A oposição, na Síria, não é uma coisa homogênea. Na guerra civil, entre os opositores, a Frente Nusrah, único grupo com vitórias relevantes contra Assad, não tem o menor contato com os EUA. Ao contrário, os americanos incluíram esta organização na lista de entidade terroristas do Departamento de Estado por ser assumidamente ligada à Al Qaeda.

Portanto esqueçam qualquer possibilidade de fim do confronto. As forças de Assad e suas milícias aliadas continuarão lutando contra esta colcha de retalhos conhecida como oposição síria. No máximo conseguiriam uma trégua de alguns dias, que seria aceita pelos dois lados por questões táticas.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.