As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Suicidio nos EUA mata como na Guerra da Síria

gustavochacra

03 de maio de 2013 | 10h43

Ao todo 39 mil pessoas se suicidaram nos Estados Unidos em 2010, de acordo com dados com o Centers for Disease Control and Prevention, publicado em reportagem no New York Times de hoje. Os dados são os últimos disponíveis, não havendo, por enquanto, informações sobre como foi em 2011 e 2012.

Apenas como efeito de comparação, 33 mil pessoas morreram acidentes de carro no mesmo período. A principal elevação na taxa de suicídios ocorreu na faixa etária entre 35 e 64 anos, especialmente entre os homens. De 13,7 suicídios para cada 100 mil habitantes, subiu para 17,6 habitantes.

Vale lembrar que, em determinado momento das guerras do Iraque e do Afeganistão, mais veteranos americanos se suicidavam depois de voltar do que lutando no campo de batalha.

Ontem comentei aqui do número de pessoas que morrem de fome na Somália, que foi de 260 mil entre 2010 e 2012. Na Síria, morreram, até agora, em dois anos de conflito, cerca de 80 mil. Se levarmos em conta que a guerra já dura dois anos, o número de vítimas por suicidio nos EUA por ano se iguala ao de vítimas da guerra na Síria.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: