As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Veja como solução de 2 Estados melhoraria PIB de Israel e Palestina

gustavochacra

08 de junho de 2015 | 12h28

Se ainda falta algo para convencer os céticos de que a solução de dois Estados é a melhor alternativa para a resolução do conflito entre israelenses e palestinos, a Rand Corporation, uma entidade defensora do liberalismo econômico em Washington, deu um ótimo argumento para eles mudarem de opinião ao publicar estudo indicando que Israel e Palestina teriam enormes benefícios para as suas economias se chegassem a um acordo.

O PIB palestino teria um incremento de 48,8% (US$ 9,7 bilhões). O de Israel cresceria 5,6% (US$ 22,8 bilhões).

E no caso das outras alternativas para o conflito? A Rand trabalha com cinco opções, incluindo a descrita acima

1. Solução de Dois Estados

PIB palestino cresce 48,8% (US$ 9,7 bilhões)

PIB isralenese cresce 5,5% (US$ 22,8 bilhões)

2. Retirada Unilateral coordenada de Israel da Cisjordânia

PIB palestino cresce 6,9% (US$ 1,5 bilhão)

PIB israelense não cresce (0%)

3. Retirada Unilateral não coordenada de Israel da Cisjordânia

PIB palestino diminui 0,5% (US$ 100 milhões)

PIB israelense diminui 0,9% (US$ 4 bilhões)

4. Resistência não violenta

PIB palestino diminui 12% (US$ 2,4 bilhões)

PIB israelense diminui 3,4% (US$ 15 bilhões)

5. Nova Intifada

PIB palestino diminui 45,7% (US$ 9,1 bilhões)

PIB israelense diminui 10,3% (US$ 45 bilhões)

Portanto, mais uma vez, é óbvio que a solução de dois Estado seria a melhor solução para a economia dos dois países

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista
Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus