As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Veja debate sobre Oriente Médio no Rio de Janeiro (eu participei)

gustavochacra

13 Novembro 2014 | 17h03

Você sabia que há  mais árabes israelenses estudando hebraico em universidades de Israel do que judeus? Você já pensou como é estar no meio de um tratamento de canal quando toca a sirene avisando que um foguete do Hamas pode cair nas proximidades? Afinal, por que o Líbano não consegue eleger um presidente? O que ocorrerá no Oriente Médio se os EUA e o Irã assinarem um acordo? Qual o futuro da Síria? Qual a estratégia de Assad? O que ocorreu com Aleppo? Por que o antissemitismo e a islamofobia têm crescido no mundo? Abbas e Netanyahu podem assinar a paz? Por que o Hezbollah é mais forte do que o Hamas? Como andam os cristãos do mundo árabe? Quem são os drusos? Você sabia que o embaixador de Israel no Brasil é árabe?

Estas foram algumas das questões que foram debatidas por mim, pelo embaixador de Israel no Brasil, Reda Mansour (que é árabe e druso), pela correspondente da Globo News em Israel, Dani Kresch, e pelo acadêmico Michel Gherman, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém. O comando foi de Osias Wurman, editor da rua Judaica e cônsul honorário de Israel no Rio de Janeiro. A organização foi do grupo Hillel. Abaixo, a íntegra do debate

 

Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus.