As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Você sabe os números do terrorismo nos EUA?

gustavochacra

18 de abril de 2013 | 10h15

Leia também – 

COMO COMBATER O MEDO DO TERRORISMO

QUEM SÃO OS TERRORISTAS DE BOSTON?

O IRRESPONSÁVEL PRECONCEITO CONTRA OS ÁRABES DEPOIS DO ATENTADO

Depois do atentado em Boston, vale a pena observar alguns números interessantes sobre o terrorismo nos Estados Unidos que podem surpreender quem não acompanha temas de segurança no país. Para começar, a década com o maior número de atentados na história americana foi a de 1970, não a última.

 Os dez anos que se seguiram ao 11 de Setembro foram, inclusive, bem mais seguros do que a década anterior, nos anos 1990, quando ocorreu o primeiro atentado do World Trade Center e Oklahoma City, que faz aniversário amanhã – assim como o encerramento do cerco a Waco, cidade ao lado de West, onde teve uma explosão com causa ainda não esclarecida na noite de ontem.

Meu comentário sobre o atentado em Boston na TV Estadão

Ao todo, houve 53 tentativas de realizar atentados nos Estados Unidos nos últimos dez anos. Destes, 43 tiveram motivações domésticas e nove, externas – o de Boston não é contabilizado por ainda não se saber os motivos do atentado. Apenas dois ataques terroristas obtiveram sucesso – o da maratona e outro em Fort Hood, onde um militar ligado à Al Qaeda matou 13 pessoas.

Trailer de comédia sobre tentativa de atentado na maratona de Londres 

O ataque em Boston tampouco foi o primeiro contra uma maratona. Outros seis atentados alvejaram estas corridas ao redor do mundo nos últimos anos, mas receberam pouco destaque por terem ocorrido em países como o Sri Lanka e o Nepal. Sem falar na comédia britânica Four Lions, onde terroristas tentam desastradamente cometer um ataque terrorista na maratona de Londres.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.