Suíça devolve ao Brasil dinheiro do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto

Jamil Chade

09 de julho de 2013 | 11h02

GENEBRA – Depois de mais uma década de um longo processo, a Suíça anuncia que começa a devolver a fortuna do ex-juiz Nicolau dos Santos Netto aos cofres públicos brasileiros.

Hoje, o Departamento de Justiça de Berna anunciou que irá depositar ao Brasil US$ 4,8 milhões que estavam congelados em nome do ex-juiz em Genebra. Ele era acusado e foi condenado por corrupção e desvio de verbas.

Em 2010, a Justiça suíça o condenou por crimes relacionados à corrupção no Brasil. O processo havia sido aberto no ano 2000 e, meses depois, o dinheiro foi bloqueado para garantir que sua família não o movimentasse.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.