Messi e C. Ronaldo disputam bola de ouro. Neymar é coadjuvante

Jamil Chade

29 de outubro de 2012 | 12h34

Neymar está na lista dos indicados para receber o prêmio de melhor jogador do mundo de 2012. Mas é o único brasileiro entre os 23 selecionados e a real disputa pela Bola de Ouro ficará mesmo entre Messi e Cristiano Ronaldo.

Hoje, a Fifa divulgou os nomes dos indicados. Em novembro, os três finalistas serão conhecidos em um evento em São Paulo. Já em janeiro, a Fifa entrega o troféu num evento de gala em Zurique.

Essa é a segunda vez que Neymar entra para a lista. Mas um evento que há poucos anos costumava ser dominado por brasileiros ve uma lista com apenas um nome do país pentacampeão do mundo.

Messi, que está a dois gols de se igualar ao número marcado por Pelé em 1959, é mais uma vez o grande favorito e pode levar o troféu, o que seria seu quarto título e superando Ronaldo e Zidane, cada um com três títulos.

Seu principal concorrente é Cristiano Ronaldo, que tem liderado o Real Madrid e deixado claro sua rivalidade com Messi.

Na busca de heróis para dar um ar de glória ao futebol, a Fifa não poderia contar com um duelo mais adequado. Neymar, pelo menos por enquanto, é mero coadjuvante.

Já a Espanha domina, com sete nomeações, dos 23 jogadores. Entre os técnicos nomeados para concorrer ao título de melhor treinador de 2012, nenhum brasileiro. Eis as duas listas completas:

 

Jogadores:

Lionel Messi e Sergio Agüero (Argentina)

Xabi Alonso, Sergio Busquets,  Sergio Ramos, Xavi, Iker Casillas, Iniesta, Piqué (Espanha)

Mario Balotelli, Buffon, Pirlo (Italia)

Karim Benzema (França)

Cristiano Ronaldo (Portugal)

Didier Drogba, Yaya Toure (Costa do Marfim)

Radamel Falcao (Colombia)

Manuel Neuer, Ozil (Alemanha)

Neymar (Brasil)

Wayne Rooney (Inglaterra)

Robin van Persie (Holanda)

 

Treinadores:

Vicente del Bosque

Roberto Di Matteo

Alex Ferguson

Pep Guardiola

Jupp Heynckes

Jürgen Klopp

Joachim Löw

Roberto Mancini

José Mourinho

Cesare Prandelli

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: