Explorações

Estadão

29 de outubro de 2009 | 16h55

Na segunda feira, tirei o dia para fazer algo diferente de estudar, para variar um pouco a rotina. O que eu decidi fazer foi explorar Cambridge, mais especificamente o “Little Brazil”, que é onde está a maior parte da comunidade brasileira que mora na area (e é muita gente). Mais especificamente ainda, a churrascaria rodízio que tem por ali.

Depois disso, resolvi explorar um pouco mais o MIT. Eu estava com um amigo e passamos por um prédio realmente bonito no MIT em que nós nunca tínhamos entrado. Resolvemos ver do que se tratava e, como acontece na maioria das vezes aqui no MIT tivemos uma grande surpresa quando começamos a explorar o lugar. O prédio é do Departamento de “Brain and Cognitive Sciences” junto com o Picower Institute para aprendizado e memória. Além de os laboratórios de lá lidarem com pesquisas bem impressionantes a arquitetura do prédio é ainda mais incrível:


Jardim de leitura dentro do prédio

Foi natural, então, tentar endender melhor o Stata Center, o prédio mais louco do MIT. É incrível andar por dentro do Stata porque não existe um padrão entre os andares, é realmente difícil conseguir se localizar naquela confusão muito bem pensada de escadas e janelas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.