Ideias contra o radicalismo

Ideias contra o radicalismo

Lourival Sant'Anna

11 de setembro de 2016 | 09h05

A ameaça do terrorismo precisa ser enfrentada com a mesma arma por ele empregada para mobilizar seus suicidas: a das ideias. Os governos e, mais que eles, as sociedades ocidentais, precisam se aliar às parcelas moderadas das comunidades muçulmanas — que representam sua grande maioria silenciosa — para derrotar os extremistas naquilo em que eles são mais fortes, que é a sua mensagem de suposto heroísmo, martírio e fé. Toda vez que publicam mensagens ofensivas ao Islã, ainda que a título de humor, ou que proíbem véus ou burkinis, os ocidentais reforçam os ressentimentos e ficam mais longe de vencer essa batalha. O próprio Ocidente ficará melhor e mais perto de seus próprios valores quando entender, aceitar e celebrar a diferença.

Clique aqui para ler minha coluna no Estadão sobre os 15 anos do 11 de setembro

Lourival Sant'Anna com seu intérprete, Iqbal Afridi, durante entrevista com dirigentes taleban em Spin Boldak, Afeganistão - 28.9.2001

Lourival Sant’Anna com seu intérprete, Iqbal Afridi, durante entrevista com dirigentes taleban em Spin Boldak, Afeganistão – 28.9.2001

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.