Guerra comercial

Lourival Sant’Anna

08 Abril 2018 | 09h33

Estados Unidos e China passaram a semana apontando suas artilharias um contra o outro para uma possível guerra comercial. Até agora tudo está no campo das palavras. Mas a rápida escalada e a disputa real de poder entre os dois países mais importantes do mundo tornam o conflito bastante sério. Estou no Japão, e aqui há temor que Trump pressione o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, a abandonar sua política de desvalorização do iene, quando se reunir com ele em seu balneário de Mar-a-Lago, na Flórida, nos dias 17 e 18.

Clique aqui para ler minha coluna no Estadão