Hillary tem chance de vitória de 69%, calcula ‘New York Times’

Hillary tem chance de vitória de 69%, calcula ‘New York Times’

Lourival Sant'Anna

28 de julho de 2016 | 13h47

Obama abraça Hillary na terceira noite da convenção democrata na Filadélfia Foto: Robyn Beck / AFP 27 /7/2016

Obama abraça Hillary na terceira noite da convenção democrata na Filadélfia
Foto: Robyn Beck / AFP – 27/7/2016

Os modelos matemáticos seguidos pelo jornal The New York Times dão chance de 69% de vitória para Hillary Clinton, contra 31% para Donald Trump. O cálculo é baseado nas pesquisas nos 50 Estados e também em eleições anteriores, levando em consideração o momento em que a campanha se encontra, uma semana depois da realização da convenção republicana e ao final da democrata.

A última pesquisa, divulgada no início da semana pela CNN, que mostra Trump 3 pontos acima de Hillary (48%-45%), foi realizada ao término da convenção republicana, quando o candidato estava no auge de sua exposição positiva — apesar do desconforto causado pela recusa de seus principais rivais no partido, o senador texano Ted Cruz e o governador de Ohio John Kasich, de declarar apoio a ele. Além disso, é uma pesquisa nacional de intenção de voto, quando na verdade as eleições presidenciais americanas não são diretas, mas por meio de colégio eleitoral formado por representantes nos Estados, proporcionalmente a suas populações.

A equipe do Upshot, como é chamado o modelo do NYT, pondera que uma vitória de Trump é perfeitamente possível, e que a probabilidade de Hillary perder é maior do que a de um jogador da NBA errar um lance livre.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.