O legado de Obama na política externa

Lourival Sant’Anna

16 Outubro 2016 | 10h18

O presidente Barack Obama tornou na sexta-feira “irreversível” a normalização das relações com Cuba. O acordo nuclear com o Irã e a normalização com Cuba foram os dois grandes feitos da política externa de Obama, que se frustrou na Síria, na Palestina, no Norte da África e na Ásia, ao tempo em que as relações EUA-Rússia atingem seu pior ponto de deterioração desde o fim da guerra fria.

Clique aqui para ler minha coluna no Estadão