O ‘tuiteiro em chefe’

Lourival Sant’Anna

08 Janeiro 2017 | 13h38

Donald Trump só assume dia 20, mas já “governa” pelo Twitter. Seus posts fizeram a Ford desistir de construir uma fábrica no México, a bancada republicana recuar de uma lei que diminuía os poderes de uma agência independente de ética da Câmara e garantiram que a Coreia do Norte não terá mísseis que alcancem os EUA.

Clique aqui para ler minha coluna no Estadão