Política externa deve sair da ideologia e voltar para o Estado

Lourival Sant’Anna

15 Maio 2016 | 10h20

Chegam ao fim 13 anos de submissão da política externa brasileira à ideologia. O Brasil prova agora do próprio veneno, ao sofrer acusações de golpe por parte dos organismos regionais e dos países vizinhos governados pela esquerda. Agora, José Serra e o Itamaraty têm a tarefa de despolitizar o Mercosul e a OEA, e deixar que a Unasul mergulhe na irrelevância.

Clique aqui para ler minha coluna de hoje no Estadão