Tentativa de golpe militar na Turquia

Tentativa de golpe militar na Turquia

Lourival Sant'Anna

15 de julho de 2016 | 17h44

Militares estão tentando derrubar o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan na Turquia. O governo convocou todo o efetivo da Polícia para tentar conter a ação das Forças Armadas rebeladas.

Veículos militares bloquearam pontes em Istambul e tanques estacionaram no aeroporto da cidade. Aviões e helicópteros de guerra sobrevoaram a capital Ancara. Tiros foram ouvidos na cidade.

Erdogan procurou nos últimos anos atrair o apoio da cúpula das Forças Armadas. Realizou expurgos e ofereceu benefícios econômicos e políticos aos oficiais. Criou-se uma insólita tutela militar para um regime islâmico, quando desde a criação do Estado moderno turco, nos anos 20, um dos papéis das Forças Armadas era o de garantir a separação entre religião e política.

Sabia-se no entanto que havia facções descontentes com esse arranjo. Agora se saberá a dimensão de cada um dos lados no interior das Forças Armadas.

Militares prendem policiais (de preto) na Ponte sobre o Bósforo, em Istambul Foto: Bulent Kilic/France Presse

Militares prendem policiais (de preto) na Ponte sobre o Bósforo, em Istambul
Foto: Bulent Kilic/France Presse

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.