Chicago, cidade da cúpula e dos patifes

Lúcia Guimarães

19 de maio de 2012 | 21h25

A Chicago que recebe dezenas de líderes mundiais para a cúpula da OTAN  é a cidade que abrigou o primeiro arranha-céu americano, no século 19, e se tornou lendária como o território de Al Capone, nos tempos da Lei Seca. Um novo livro explora as origens da Chicago moderna.

Veja por que a cúpula da OTAN, neste fim de semana, é a mais difícil da Aliança criada depois da Guerra Fria.

Chicago, cúpula e história

Tudo o que sabemos sobre:

AfeganistãoChicagoHollandeKarzaiObamaOTAN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.