De Olho No Mundo 5 de setembro

De Olho No Mundo 5 de setembro

Lúcia Guimarães

04 Setembro 2015 | 21h06

Screen Shot 2015-09-04 at 6.16.43 PM

O drama dos refugiados na Europa e a ausência americana, a inesperada troca de presidente na Guatemala, a tensão entre Colômbia e Venezuela. A repercussão oda crise do Brasil no mundo. Um novo documentário acrescente mais complexidade à biografia de Steve Jobs. E Lulu, uma mulher fatal e a mais esperada ópera da temporada de outono que começa nos Estados Unidos.

Ouça o De Olho No Mundo disponível online aqui ao vivo na Rádio Estadão,  sábado às 19h, domingo às 19h, 92,9 FM com participação de Roxane Ré, Andrei Netto, Jamil Chade  e Lúcia Guimarães.

Colômbia X Venezuela

Screen Shot 2015-09-04 at 6.14.01 PM

A escalada da tensão entre a Venezuela e a Colômbia . A presidente Dilma Rousseff despacha o chanceler Mauro Vieira para mediar a disputa entre os governos de Nicolas Maduro e Juan Manuel Santos, que impôs condições para negociar. A Colômbia é a segunda maior economia da América do Sul, passou à frente da Argentina e cinco milhões de cidadãos colombianos viviam do lado venezuelano da longa fronteira entre os dois países, que tem mais de 2 mil quilômetros. Conversamos sobre a capacidade do Brasil de influenciar disputas regionais no momento.

Guatemala

Screen Shot 2015-09-04 at 7.28.15 PM

Um presidente da Guatemala renunciando por corrupção é notícia mais pela renúncia do que pela corrupção.  Há um clima de surpresa pela possível reversão da história de impunidade de líderes da região. No caso da Guatemala, uma agência da ONU de combate à corrupção, onde a maioria dos investigadores era formada por estrangeiros, pode ter contribuído paras os acontecimentos na Guatemala. Algo parecido ocorre no Panamá, lembra Jamil Chade, onde o ex-presidente é investigado em relação a contratos com uma certa construtora brasileira. Andrei Netto lembra que a rede social começou a minar a impunidade entre caudilhos das chamadas repúblicas de banana latinas. A descentralização do poder de comunicação social oferece um desafio para a elite cleptocrata de países da América Central.

Screen Shot 2015-09-04 at 6.46.50 PM

IMIGRANTES

A guerra na Síria desembarcou com toda sua força na Europa, argumenta Jamil Chade. A morte por afogamento do menino sírio de três anos apenas sublinhou a crise que estava clara no quinto ano da guerra civil na Síria. Jamil Chade viajou num trem com imigrantes na rota entre a Áustria e a Alemanha e comenta a situação na Hungria.

Andrei Netto lembra que líderes políticos europeus têm se referido não a imigrantes mas apenas a sírios. “É um banal recurso politico para restringir a ação humanitária aos sírios e excluir eritreus, sudaneses, qualquer egresso da África subsaariana ou até iraquianos,” diz ele, para isolar os sírios como merecedores de asilo. Andrei Netto conta que muitos imigrantes da África jogam fora seus documentos e se apresentam às autoridades como sírios. Jamil Chade revela que já head uma rede de traficantes especializados em produzir passaportes falsos para refugiados para que eles se identifiquem como sírios.  A política europeia transfere a renda do refugiado para o traficante que vai conseguir transportar imigrantes or qualquer fronteiras porosas. Os Estados Unidos estão sendo cobrados nesta crise de refugiados por não terem oferecido asilo a mais do que 8 mil sírios até o fim de 2016. Conversamos sobre a passividade americana em acolher imigrantes sírios agravadas por meses de retórica anti-imigrante capitaneada por Donald Trump. Neste fim de semana, Andrei Netto entrevista para o suplemento Aliás do Estadão o filósofo Francis Wolff, um estudioso da imigração e das fronteiras globais.

BRASIL NO MUNDO

Conversamos sobre a repercussão do desgaste do Ministro Joaquim Levy na imprensa estrangeira. Andrei Netto acha que mercados financeiros já antecipam uma eventual queda do ministro Levy. Enquanto os ministros da fazenda se reúnem  para cúpula do G30 na Turquia, Andrei Netto comenta que dois protagonistas  – a China e os Estados Unidos – dificilmente serão exortados a agir.

STEVE JOBS NOVO DOCUMENTÁRIO

Um documentário do diretor Alex Gibney que estreia neste fim de semana nos Estados Unidos revisita a biografia de Steve Jobs.  O documentário será tema da minha coluna de segunda-feira do Caderno 2. Aqui um trailer:

 

LULU

Entre as grandes expectativas da temporada cultural do outono nova-iorquino, a nova montagem da ópera Lulu de Alban Berg.