Orquestra emociona ucranianos no velho mercado de Odessa, com música pró-Europa

Lúcia Guimarães

23 de março de 2014 | 16h45

Músicos da Orquestra Filarmônica Nacional de Odessa, Ucrânia, promoveram no sábado um concerto surpresa, ao estilo das flashmobs, dentro do Privoz, o lendário mercado da cidade, fundado em 1795.

Sob a regência do maestro Hobart Earle, americano nascido na Venezuela, orquestra e coral apresentaram a Ode à Alegria, da Nona Sinfonia de Beethoven, que foi adotada como hino da União Europeia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: