Aviador americano desaparecido desde 1983 é encontrado vivo na Califórnia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aviador americano desaparecido desde 1983 é encontrado vivo na Califórnia

William Howard Hughes Jr. estava vivendo com um nome falso após não retornar ao serviço há 35 anos

Redação Internacional

11 Junho 2018 | 15h35

Um aviador americano, que estava desaparecido há 35 anos, foi encontrado morando na Califórnia. O nome de William Howard Hughes Jr. fez parte da lista dos mais procurados da Força Aérea americana, depois de desaparecer após avisar aos seus pais, por telefone, que voltaria de uma missão da Holanda em 1983. Na semana passada, a Força Aérea encontrou Hughes em um endereço na Califórnia, usando o nome fictício de Barry O’Beirne. Ele foi preso e ouvido pelas autoridades.

Hughes Jr. em imagem após ser detido pelas autoridades. Foto: U.S. Air Force Office of Special Investigations/AP

O militar foi descoberto após uma operação do Serviço de Segurança Diplomática do Departamento de Estado dos EUA, em uma investigação sobre fraudes de passaportes, no qual o nome “O’Beirne” fazia parte. Quando os investigadores confrontaram Hughes sobre incoerências relacionadas a sua identidade, ele confessou seu nome real.

De acordo com Hughes, a razão pelo desaparecimento foi porque ele estava “deprimido por pertencer à Força Aérea”, o que o fez criar uma identidade falsa e nunca mais retornar à família e ao serviço. Na época, o aviador trabalhava em missão para ajudar a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) a testar sistemas de vigilância de aeronaves.

O militar em imagem de 1983, quando desapareceu. Foto: EFE/ AFOSI

Na época do desaparecimento, investigadores encontraram seu carro no Aeroporto Internacional de Albuquerque, em Novo México – onde trabalhava -, dando indícios de que ele havia retornado aos Estados Unidos após sua missão na Holanda. Além disso, foram obtidos vídeos de câmeras de vigilância que registraram Hughes retirando mais de US$ 28 mil em 19 bancos diferentes. Esse foi o último registro público do militar.

Hughes está aguardando o pré-julgamento por seu caso de deserção na Base Aérea de Travis em Farfield, na Califórnia. Ele pode pegar 5 anos de prisão, além de ter seu dinheiro confiscado e a retirada desonrosa da Força Aérea. / W. POST