Apenas mais um blog latino-americano

Estadão

19 de maio de 2011 | 22h54


Chaves, o do oito: isso, isso, isso

Olá, pessoal. Este é apenas mais um blog latino-americano sem dinheiro no bolso. Ok, a descrição não é ideia minha. É dos meus colegas do La Pelota (um blog sobre futebol na América Latina, que, inclusive, recomendo). Mas sempre quis usá-la!

A ideia do Nuestra America é trazer pros leitores do estadão.com.br um pouco mais das notícias e curiosidades sobre o que acontece nesse nosso subcontinente com o qual temos, ao mesmo tempo, tanto e pouco em comum.

Sim, falamos português e o resto, espanhol, e temos a rivalidade no futebol. Mas também compartilhamos com “nuestros hermanos” um passado comum: a época colonial, as guerras de independência travada pelos Libertadores da América – que não por acaso apadrinham o mais importante torneio ludopédico do continente –  as ditaduras durante a Guerra Fria e o processo de integração regional em curso desde a criação do Mercosul.

Mas, admito, o meu exemplo preferido de o que temos em comum com nossos vizinhos é o Chaves. O do oito, não o Hugo. O programa, feito no México nos anos 70, fala da realidade da América Latina. Dos desempregados, como o Seu Madruga, dos meninos de rua, como o Chaves, dos cortiços, como a vila. Talvez por isso faça tanto sucesso até hoje, inclusive no Brasil.

Falando um pouco de mim,  meu nome é Luiz Raatz, sou jornalista e tenho 29 anos. O nome é alemão, eu sei, mas juro que falo espanhol direitinho, apesar de que com um sotaque levemente argentino.  Já fiz um mochilão pela América do Sul em 2008 e pretendo fazer outro ainda este ano, desta vez para Machu Picchu.

Me formei na PUC-SP em 2004 e hoje trabalho como repórter da editoria de Internacional do Estadão. Entre dezembro de 2009 e abril deste ano fui editor de inter do estadão.com.br. Inclusive quem acompanha o Radar Global já deve ter se deparado com algum post meu lá. Na minha “vida pregressa”, fui editor de mundo do Último Segundo, no Portal iG, entre abril de 2007 e abril de 2008. Antes disso, fui repórter de cidades (tb no iG) e de esportes.

Quando mudei do online pro impresso pedi pra continuar colaborando com o portal de alguma maneira. Aí pintou o projeto do blog. Aqui, vamos falar um pouco mais do que rola no México, América Central e “América Andina ” (Da Bolívia à Venezuela) pra não entrar na seara do meu companheiro e mestre Ariel Palácios, com seu blog sobre o Cone Sul.  O debate de ideias é, e sempre será, aberto, respeitando, claro, os limites da civilidade e da educação.

Pra quem quiser acompanhar no Twitter, é só seguir no @lraatz

Tudo o que sabemos sobre:

ChavesNuestra America

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.