Tragédia no Golfo do México

O vazamento de petróleo no Golfo do México começou no dia 22/04, causado pelo afundamento de uma plataforma de petróleo da empresa BP. Por dia cerca 5 mil barris de petróleo são despejados no mar, por conta do acidente. O desastre já atinge o litoral sul da Louisiana e coloca em risco a fauna e flora da região. Leia matéria.

Estadão

30 de abril de 2010 | 12h39

Vazamento de óleo no Golfo do México, aproxima-se da costa sul da Louisiana, nos EUA. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Vazamento de óleo no Golfo do México, aproxima-se da costa sul da Louisiana, nos EUA. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Bombeiros tentam conter foto na plataforma de petróleo da empresa BP, no golfo do México. 21/04/2010. Gerald Herbert/AP

Bombeiros tentam conter foto na plataforma de petróleo da empresa BP, no golfo do México. 21/04/2010. Gerald Herbert/AP

Vazamento de óleo começou com acidente em plataforma de petróleo no Golfo do México, que foi tomada pelo fogo em 21/04/2010. Foto: U.S. Coast Guard /Reuters

Vazamento de petróleo começou com acidente em plataforma no Golfo do México, que foi tomada pelo fogo em 21/04/2010. Foto: U.S. Coast Guard /Reuters

Vazamento de óleo atinge parte sul da costa da Louisiana. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Vazamento de óleo atinge parte sul da costa da Louisiana. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Foto obtida através de satélite mostra avanço da mancha de óleo. 29/04/2010. Foto: Nasa/AP

Foto obtida através de satélite mostra avanço da mancha de óleo. 29/04/2010. Foto: Nasa/AP

Barreiras de contenção tentam isolar o continente. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/AP

Barreiras de contenção tentam isolar o continente. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/AP

Barco tenta conter o avanço da mancha de óleo, que segue para o litoral sul da Louisiana. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Barco tenta conter o avanço da mancha de óleo, que segue para o litoral sul da Louisiana. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Trabalhadores isolam litoral sul da Louisiana com barreiras. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Trabalhadores isolam litoral sul da Louisiana com barreiras. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Golfo do México. 29/04/2010. Foto: Patrick Semansky/AP

Golfo do México. 28/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Golfo do México. 28/04/2010. Foto: Sean Gardner/Greenpeace/Reuters

Pássaro coberto de petróleo é tratado em Fort Jackson, na Louisiana. 30/04/2010. Foto: Alex Brandon/AP

Pássaro coberto de petróleo é tratado em Fort Jackson, na Louisiana. 30/04/2010. Foto: Alex Brandon/AP

Pássaros voam sobre o Golfo do México, onde vazamento de petróleo coloca em risco o meio ambiente. 30/04/2010. Foto: Carlos Barria/Reuters

Pássaros voam sobre o Golfo do México, onde vazamento de petróleo coloca em risco o meio ambiente. 30/04/2010. Foto: Carlos Barria/Reuters

Pássaro coberto de petróleo é tratado em Fort Jackson, na Louisiana. 30/04/2010. Foto: Alex Brandon/AP

Pássaro coberto de petróleo é tratado em Fort Jackson, na Louisiana. 30/04/2010. Foto: Alex Brandon/AP

Barreiras de contenção são instaladas em toda a costa sul da Louisiana. 30/04/2010. Foto: Dave Martin/AP

Barreiras de contenção são instaladas em toda a costa sul da Louisiana. 30/04/2010. Foto: Dave Martin/AP

Ave atingida por óleo espera por tratamento, em Fort Jackson, Louisiana. 30/04/2010. Foto: Carlos Barria/Reuters

Ave atingida por óleo espera por tratamento, em Fort Jackson, Louisiana. 30/04/2010. Foto: Carlos Barria/Reuters

Tendências: