11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS: Vulnerabilidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS: Vulnerabilidade

João Coscelli

08 Setembro 2011 | 05h01

 

ESPECIAL: Dez Anos do 11 de Setembro

O ataque contra o Pentágono em 11 de Setembro ficou em segundo plano diante da dimensão tomada pelo colapso das Torres Gêmeas em Nova York e do número de vidas perdidas no local. Também não há imagens, a não ser um breve vídeo de uma câmera de segurança, registrando o momento do impacto do voo 77 da American Airlines no edifício do Departamento de Defesa em Washington, o que contrasta com a brutalidade das cenas de aeronaves penetrando em arranha-céus e estes mesmos prédios desabando.

No incidente do Pentágono, morreram 125 pessoas no prédio e outras 64 no avião, um total de 189 – menos de 10% do total de vítimas daquela terça-feira. Mas o choque do avião – cuja fuselagem aparece na foto – no edifício evidenciou a vulnerabilidade dos Estados Unidos e a falta de um plano para lidar com um ataque de tamanha proporção. O maior poderio militar do mundo havia sido ferido por um inimigo invisível.

——————————

Veja também:
 ESPECIAL: Dez anos do 11/09
 ESTADÃO/ESPN: Ouça série especial sobre os ataques
 PARTICIPE: 
Onde você estava quando soube dos atentados?
 GALERIA: Outras imagens do Onze de Setembro de 2001