As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS: Um em cada quatro americanos ainda teme aviões

Patrícia Ferreira

08 Setembro 2011 | 23h09

ESPECIAL: Dez Anos do 11 de Setembro

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pelo Instituto Gallup em parceria com o jornal USA Today revela que, mesmo dez anos depois dos ataques terroristas do 11 de Setembro, um em cada quatro americanos ainda tem receio de viajar em aviões, como escreveu hoje no blog Vox Publica o jornalista de O Estado de S. Paulo José Roberto de Toledo.

Segundo o levantamento, 28% dos americanos dizem que mudaram permanentemente seu modo de vida como resultado dos atentados, que deixaram quase 3 mil mortos em 2001. Além disso, segundo a pesquisa, 58% acham que os americanos, como um todo, mudaram suas vidas por conta da tragédia.

O gráfico abaixo (em inglês) mostra a evolução dos índices ano após ano desde que os ataques ocorreram, há uma década. Os números são os mais altos desde que a Al-Qaeda atacou as Torres Gêmeas, em Nova York, a sede do Pentágono, em Washington, e derrubou um avião na Pensilvânia.

Have Americans permanently changed the way they live as a result of that tragedy?

O levantamento foi feito entre 11 e 14 de agosto. Embora a percepção seja a de que os efeitos do 11 de Setembro tenham sido reduzidos ao longo do tempo, as pesquisas mostram o contrário. “Os americanos estão de fato mais suscetíveis agora do que no passado a pensar que a vida (pessoal) deles e dos americanos (como um todo) mudou permanentemente”, diz o Gallup.

Uma pesquisa anterior realizada em meados de julho mostrou que 38% dos americanos hoje preferem não viajar para fora do país e 24% evitam viagens de avião. Ainda segundo o levantamento, 27% não vão a eventos com muita gente e 20% evitam arranha-céus. Os números, segundo o Gallup, são todos relacionados aos ataques de 11 de Setembro.

Esses dados, contudo, sofreram redução desde os primeiros estudos realizados logo após os atentados. Como exemplo, o Gallup menciona uma queda de 19 pontos percentuais desde 2002 no número de pessoas que dizem que preferem não voar.

Veja também:
ESPECIAL: 
Dez anos do 11/09
ESTADÃO ESPN: Ouça série especial sobre os ataques
PARTICIPE: 
Onde você estava quando soube dos atentados?
GALERIA: 
Outras imagens do Onze de Setembro de 2001