As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A sete dias do fim de seu mandato, presidente haitiano lança música criticando a oposição

Michel Martelly, que é cantor, criou canção para o carnaval; país vive crise política com incerteza sobre possível vazio de poder após fim da atual presidência

Redação Internacional

01 de fevereiro de 2016 | 09h48

Manifestações em Porto Príncipe - Foto: Bahare Khodabande/Efe

Manifestações em Porto Príncipe – Foto: Bahare Khodabande/Efe

PORTO PRÍNCIPE – Faltando sete dias para o fim de seu mandato e em meio a uma crise política no país, o presidente do Haiti, Michel Martelly, lançou no domingo uma música de carnaval criticando a oposição e uma conhecida jornalista haitiana.

Em outubro do ano passado, Martelly anunciou que retomaria sua carreira de cantor quando entregasse o poder em 7 de fevereiro, mesma data em que começam as comemorações do carnaval. “No dia 8 de fevereiro estarei outra vez com a minha carreira, no desfile de carnaval”, disse na ocasião Martelly, cujo nome artístico é “Sweet Micky”.

A música, no marcante ritmo caribenho e com duração de 6 minutos, foi lançada no site especializado no tema, “PleziKanaval”. Na canção, Martelly ataca pessoalmente uma jornalista por ser crítica ao seu governo.

A profissional citada é Liliane Pierre Paul, uma das figuras mais respeitadas na imprensa do país e com mais de 30 anos de jornalismo.

A canção começa com a frase “Para mim tanto faz qualquer situação, nada me importa”. Ao longo da letra, o atual presidente critica a oposição e usa metáforas sexistas para se referir à Liliane. /EFE

Tendências: