AO VIVO: 11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS – as cerimônias em homenagem às vítimas do 11/9
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

AO VIVO: 11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS – as cerimônias em homenagem às vítimas do 11/9

Redação Internacional

11 Setembro 2011 | 10h05

ESPECIAL: Dez Anos do 11 de Setembro

Há 10 anos hoje, na terça-feira 11 de setembro de 2001, quatro aviões comerciais foram sequestrados por terroristas muçulmanos ligados à rede Al-Qaeda. Duas aeronaves foram jogadas contra o World Trade Center, em Nova York. As Torres Gêmeas, mais tarde, ruiriam por conta do impacto. Um outro avião foi atirado contra a sede do Pentágono em Washington. A quarta foi derrubada pelos terroristas na Pensilvânia. Quase 3 mil pessoas morreram nos atentados, os maiores da história. Acompanhe ao vivo as informações sobre as celebrações que marcam esta data.

Veja também:
ESPECIAL: Dez anos do 11/09
ESTADÃO ESPN: Série especial sobre os ataques
PARTICIPE: 
Onde você estava quando soube dos atentados?

Encerramos aqui a transmissão das informações sobre as cerimônias dos 10 anos do 11 de Setembro. Obrigado por nos acompanhar. 

19h12 – Em entrevista ao estadão.com.br, o jornalista Fernando Costa Neto, curador da mostra “PIILOTOS”, diz que “queria uma exposição que não mostrasse somente a relação das torres com a tragédia, mas também com a paisagem da cidade em geral“. A mostra reúne 22 imagens do WTC entre a inauguração e a destruição das torres e está aberta ao público até o dia 17 em São Paulo e Nova York. Conheça outros eventos e programas na televisão sobre o 11 de Setembro.

18h57 – Em artigo exclusivo para o estadão.com.br, o escritor espanhol Marcos Giralt Torrente relata as lembranças dos ataques em Madri.

18h22 – Da revista Piauí, “O que aprendemos, se é que aprendemos alguma coisa?“, texto de Tony Judt

18h14 – Fotógrafos, editores e blogueiros fizeram uma seleção das imagens mais significativas do 11 de Setembro para a revista americana Time. Veja algumas das fotos escolhidas.

17h57 – As homenagens às vítimas do 11 de Setembro não foram exclusivas dos americanos. Diversos países tiveram atos em memória aos quase 3 mil mortos nos ataques. Havia pelo menos 70 nacionalidades entre os mortos. Três brasileiros morreram nos atentados, todos em Nova York.

17h40 – O correspondente do jornal O Estado de S. Paulo e do estadão.com.br em Nova York, Gustavo Chacra, escreveu em seu blog um relato sobre a cerimônia no Marco Zero, onde esteve durante todo o dia. Leia “Hoje, 11 de Setembro de 2011, no Ground Zero, em Nova York

17h22 – O jornalista Fernando Gabeira escreveu hoje em seu blog: “O dia é do 11 de setembro de 2001. Talvez seja o ato inaugural do século 21, se considerarmos a queda do Muro de Berlim como o que encerrou o século 20”. Leia, na íntegra, “O falso apocalipse”.

17h01 – O presidente Obama coloca uma coroa de flores no Pentágono, em homenagem às vítimas.

x45249b280ce44386a2e0cb9a43f0c0d6_45249b280ce44386a2e0cb9a43f0c0d6_0.jpg

16h46 – Veja fotos das cerimônias ao longo do dia nos Estados Unidos.

16h44 – A correspondente em Washington, Denise Chrispim Marin, relata que o presidente Obama está neste momento cumprimentando, abraçando, deixando-se fotografar e conversando com sobreviventes e parentes das vítimas do ataque da Al-Qaeda ao Pentágono. “Menos solene do que no Marco Zero, em Nova York, as pessoas mostram-se felizes de cumprimentar o presidente, que é o comandante-em-chefe das Forças Armadas dos EUA”, conta. A cerimônia ocorre do lado de fora do prédio do Pentágono, debaixo de forte sol e de temperatura de 28 graus.

16h29 – Acompanhado pela primeira-dama Michele, Obama vai conversar no Pentágono com militares e civis que sobreviveram à queda do avião.

16h28 – Obama acaba de chegar ao Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA, para homenagear as vítimas do voo American Airlines 77.

16h18 – De acordo com a correspondente do jornal O Estado de S. Paulo e do estadão.com.br em Washinton, Denise Chrispim Marin, o presidente Barack Obama e a primeira-dama Michele desembarcaram há pouco na Base Aérea de Andrews e estão a caminho do Pentágono, onde haverá uma cerimônia em homenagens às vítimas da queda do voo American Airlines 77. Antes, o casal Obama e Michele esteve em Shanskville, onde foi construído um memorial para as 40 vítimas do voo United Airlines 93. “Michele Obama teve o cuidado de apanhar uma flor caída da coroa por eles depositada e colocá-la de volta”, conta a correspondente. O casal passou cerca de uma hora cumprimentando as famílias das vítimas. Na foto abaixo, o casal caminha para o ponto de impacto do avião.

663c52058ffb4cf0984a57671da5637e_47e4a993f7534a8d8eba5b14de7f427f_0.jpg

16h11 – Leia no caderno Aliás deste domingo, especial sobre os atentados de 2011, As outras faces do 11 de Setembro. O caderno traz ainda reportagens e análises sobre os ataques e o que eles causaram nos Estados Unidos e no resto do mundo.

15h34 – A capital britânica, Londres, que também relembrou os ataques de 11 de Setembro, foi palco neste domingo de protestos de grupos islâmicos. Na foto abaixo, um manifestante segura um cartaz com os dizeres “11/9 – o começo do fim da democracia; sharia é o futuro”, em referência à lei islâmica. O protesto ocorre próximo do local da cerimônia de homenagem às vítimas.

2011_09_11T173208Z_01_LON115_RTRMDNP_3_SEPT11.JPG

15h31“O governo dos Estados Unidos leva a sério informações não confirmadas de um possível plano de ataque da Al-Qaeda por ocasião do 10º aniversário” dos atentados. A informação é do conselheiro de Obama para combate ao terrorismo, John Brennan.

15h28 – Os Estados Unidos recordam neste domingo os 10 anos desde os atentados de 11/9/2001, em Nova York, Washignton e Shankville, na Pensilvânia.

15h23 –Na foto abaixo, uma bandeira gigante dos Estados Unidos é estendida logo antes do jogo entre Baltimore Ravens e Pittsburgh Steelers em Baltimore, no Estado de Maryland, em lembrança aos  dez anos do 11 de Setembro.

2011_09_11T174943Z_01_BAL101_RTRMDNP_3_NFL.JPG

15h19 – Familiares de vítimas do ataque contra o Pentágono, em Washington, posam ao lado do ex-secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, no local da cerimônia em lembrança às vítimas. Rumsfeld estava no cargo quando a sede do Pentágono foi atacada na manhã de 11/9/2011 e estava no prédio no momento do impacto do avião.

758e4a41ef064c50891b6e544f9bf796_758e4a41ef064c50891b6e544f9bf796_0.jpg

15h05 – A BBC Brasil mostra como estava Nova York antes do início das cerimônias. De acordo com a rede, mesmo com a segurança intensificada, os visitantes não foram afastados da metrópole. Assista.

14h50 – O co-editor do livro “The Long Shadow of 9/11: America’s Response to Terrorism”, Brian Michael Jenkins, escreveu no Washington Post o artigo “Cinco mitos sobre o 11 de Setembro

14h46 – Releia “Como evitar o próximo 11 de Setembro“, artigo do secretário-geral da Interpol, Ronald K. Noble, publicado originalmente no jornal americano The New York Times.

14h44 – Em Bruxelas, o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, disse que “o extremismo não tem afiliação religiosa”. Ele fez um discurso em lembrança ao 10º aniversário do 11 de Setembro.

14h40 – A cerimônia em homenagem às vítimas no Marco Zero, em Nova York, chegou ao fim. O presidente Barack Obama deve chegar ao Pentágono em breve. Na foto abaixo, flores são depositadas sobre os nomes de algumas vítimas no memorial em Nova York.

xSEPT11_NY_66.JPG

14h28 – Um blogueiro fez uma seleção de cartuns políticos sobre os efeitos do 11 de Setembro. Veja alguns no Radar Global.

14h18 – A CNN exibe ao longo do dia os nomes das quase 3 mil vítimas dos ataques terroristas de 11 de Setembro, com idade e local de nascimento. Morreram no atentado pessoas de mais de 70 nacionalidades.

14h17 – Um coral faz uma apresentação no Marco Zero, em meio às cerimônias.

14h14 – Em um dos locais mais movimentados de Nova York, a Times Square, turistas assistem às homenagens em telões. Segundo a BBC, o local amanheceu tranquilo neste domingo.

14h09 – O correspondente do jornal O Estado de S. Paulo e do estadão.com.br em Nova York, Gustavo Chacra, que está acompanhando as cerimônias no Marco Zero, conta que algumas crianças presentes, lendo os nomes dos pais e mães mortos no 11 de Setembro, “são tão pequenas que não deviam ter mais de um ano na época” dos ataques.

14h05 – Veja abaixo fotos da jornalista Adriana Carranca, de O Estado de S. Paulo, feitas em suas visitas ao Afeganistão.

[galeria id=1120]

14h02 – O aniversário de 10 anos do 11 de Setembro está sendo relembrado em diversas partes do mundo. Na foto abaixo, franceses fazem um minuto de silêncio em homenagem às vítimas no Trocadero, em Paris, perto da torre Eiffel.

paris_GonzaloFuentesReuters.jpg

13h54 – A repórter especial do jornal O Estado de S. Paulo Adriana Carranca, que esteve duas vezes no Afeganistão desde os atentados, escreve em seu blog, hoje, que os afegãos achavam que os EUA transformariam o Afeganistão em uma espécie de Manhattan da Ásia Central. Adriana lança, no final do mês, o livro “O Afeganistão depois do Talibã”, no qual relata suas viagens e conta onze histórias do 11 de Setembro da forma como foi vivenciado pelos afegãos.

13h47 – O presidente Barack Obama conversa com familiares de vítimas do avião que foi derrubado pelos terroristas em Shanksville, Pensilvânia.

13h42 – Na Inglaterra, o príncipe Charles, o premiê David Cameron e o embaixador americano em Londres, Louis Susman, participam de uma cerimônia em homenagem às vítimas do 11 de Setembro (foto abaixo).

2011-09-11T163413Z_01_LON102_RTRMDNP_3_BRITAIN_1.JPG

13h31 – O blog Radar Global publicou, ao longo do último mês, uma série de fotos do dia dos ataques. Na foto de hoje, o segundo avião se aproxima do WTC, momentos antes do choque contra a Torre Sul. Veja aqui as outras fotos.

13h29 – O jornal americano The New York Times publicou uma página com as manchetes do dia 11 de setembro de 2001, com a cobertura dos eventos dos ataques.

13h07 – Os tributos às vítimas dos atentados continuam no Marco Zero.

12h58 – O presidente Barack Obama acaba de chegar a Shanksville, na Pensilvânia, para os atos em memória aos mortos quando uma das aeronaves sequestradas no 11 de Setembro foi derrubada no local.

12h40 – Muitos dos que participavam das homenagens em Shanksville, na Pensilvânia, deixaram o local antes da chegada do presidente Obama, segundo o jornal britânico Guardian.

12h33 – Milhares de pessoas permanecem do lado de fora do monumento no Marco Zero, em Nova York. Apenas familiares, amigos de vítimas, jornalistas cadastrados e forças de segurança podem entrar no local hoje. O memorial será aberto ao público apenas amanhã.


Avião comercial passa próximo ao Pentágono enquanto o vice-presidente americano discursa

11h46 – O correpondente do jornal O Estado de S. Paulo e do estadão.com.br em Nova York, Gustavo Chacra, está no Marco Zero e relata: Bush e Giuliani receberam mais aplausos do que Obama. Acompanhe ao vivo as informações a partir do local.

11h38 – Em Washington, as homenagens são feitas pelo vice-presidente Joe Biden e pelo Secretário de Defesa americano, Leon Panetta.

11h33 – Paul Simon toca neste momento “Sound of Silence”.

11h31 – Rudolph Giuliani, prefeito de Nova York quando os ataques ocorreram, discursa neste momento. “Um tempo de amor, um tempo de ódio. Um tempo de guerra, um tempo de paz”, disse.

11h28 – Sinos soam para marcar a queda da Torre Norte do World Trade Center.

11h25 – A leitura dos nomes das vítimas continua no Marco Zero.  As homenagens também seguem em Washington e na Pensilvânia.


Laura e George W. Bush, Michele e Barack Obama cantam o hino dos EUA em Nova York

11h08 – O presidente Barack Obama já deixou o Marco Zero e segue para Shanksville, onde continuará com as homenagens.

11h06 – Americanos fazem um minuto de silêncio pelos mortos do voo 93 da United Airlines, que caiu em Shanksville, na Pensilvânia.

11h05- O governador de Nova Jersey, Chris Christie, faz um discurso. Logo em seguida, Emi Ferguson toca flauta.

11h02 – O discurso de Panetta é interrompido e sinos soam para marcar o momento da queda da Torre Sul.

11h – O secretário de Defesa dos EUA, Leon Panetta, está discursando neste momento.


Vista do Marco Zero, onde estão sendo celebrados os 10 anos dos atentados contra o WTC

10h55 – Familiares de vítimas conversam com a secretária de Estado Hilary Clinton.

10h42 – James Taylor toca piano no Marco Zero. A leitura dos nomes das vítimas é retomada.

10h37 – A homenagem às pessoas que morreram no atentado contra o Pentágono acaba de começar. No momento, as pessoas presentes no local fazem um minuto de silêncio.

10h35 – No memorial do Marco Zero, parentes e amigos de vítimas deixam flores sobre o nomes dos que morreram, tiram fotos e reproduzem com lápis e papel os nomes escritos.

10h32 – Os bombeiros mortos também são homenageados no memorial em frente à estação de bombeiros Engine 54.  Pelo menos 343 bombeiros morreram nos atentados, 15 deles da Engine 54.

10h27 – O memorial onde acontece as celebrações dos 10 anos do atentado será aberto ao público a partir de amanhã, segunda-feira.

10h25 – Obama pediu às pessoas que tenham fé.

10h18 – Em seu discurso, Bush cita uma carta de Abraham Lincoln a uma viúva da Guerra Civil americana. Bush fez essa referência para uma mãe que perdeu todos os seus cinco filhos na tragédia.

10h13 – “Peço a Deus que amenize sua dor e sempre mantenha a recordação de seus filhos, disse em seu discurso o ex-presidente George W. Bush ao parente de uma das vítimas dos atentados. Bush estava no cargo quando os atentados ocorreram, há dez anos.

10h05 – Familiares falam agora sobre as vítimas dos atentados. Os nomes estão sendo lidos em ordem alfabética.


Obama e Bush fazem um minuto de silêncio em frente ao monumento do Marco Zero, em NY

10h – Os americanos realizam neste momento um grande evento no Marco Zero, onde se localizavam as duas torres do World Trade Center. Milhares de pessoas estão no local. O presidente Barack Obama, assim como seu antecessor, George W. Bush, fizeram um pequeno discurso sobre os atentados, assim como o prefeito de Nova York.

Os afegãos achavam que os EUA transformariam o Afeganistão em uma espécie de Manhattan da Ásia Central