As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amanda Berry e Gina DeJesus deixam hospital e voltam para casa

Redação Internacional

08 de maio de 2013 | 18h25

Duas das três americanas que foram sequestradas há cerca de dez anos e encontradas nessa segunda-feira voltaram para suas casas nesta quarta-feira, 8. Amanda Berry e Gina DeJesus estavam em um hospital de Cleveland, Ohio.

Nesta tarde, a polícia encontrou correntes e cordas na casa onde as três ficaram reféns. “Temos a confirmação de que elas ficavam amarradas. Tinham correntes e cordas no hall da casa”, disse o chefe da polícia de Cleveland, Michael McGrath.

Muitas pessoas ficaram em frente à casa de Berry e DeJesus aguardando a chegada das mulheres. Berry chegou em um carro escoltado por seis motos de policiais. Sua casa estava cheia de balões e cartões de boas vindas.

DeJesus também chegou escoltada pela polícia e foi recebida por muitos vizinhos, que aplaudiram no momento em que ela saiu do carro e entrou em casa, também enfeitada com balões e cartazes.

Tudo o que sabemos sobre:

Amanda BerryClevelandGina DeJesus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: