Ao perdoar perus, Obama brinca com derrota eleitoral
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ao perdoar perus, Obama brinca com derrota eleitoral

Luiz Raatz

24 de novembro de 2010 | 18h24

Foto: Larry Downing/Reuters

O presidente americano, Barack Obama, brincou com a derrota democrata nas eleições de meio de mandato no perdão presidencial a dois perus às vésperas do Dia de Ação de Graças.

“Estou feliz de evitar outro massacre este mês”, disse Obama.

A tradição, inaugurada pelo presidente John F. Kennedy, manda o ocupante da Casa Branca evitar que um ou dois perus virem jantar no Dia de Ação de Graças, um dos feriados mais tradicionais dos EUA.

Bem-humorado, o presidente foi irônico durante a cerimônia. “Tenho uma responsabilidade como dirigente do país mais poderoso do mundo: perdoar perus”, disse.

Os perus Apple e Cider, criados na Califórnia, serão transferidos para a casa-museu do primeiro presidente americano, George Washington, em Monte Vernon. (AFP)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.