Após ser libertado, Khodorkovski é recebido em Berlim
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Após ser libertado, Khodorkovski é recebido em Berlim

Redação Internacional

20 de dezembro de 2013 | 18h57

Khodorkovski (E) é cumprimentado pelo ex-ministro alemão, Hans-Dietrich Genscher. (Foto: khodorkovsky.ru/Reuters)

Depois de ser solto nesta sexta-feira, 20, após perdão do presidente russo, Vladimir Putin, o magnata Mikhail Khodorkovski seguiu para Berlin, onde foi recebido pelo ex-ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Hans-Dietrich Genscher (foto acima).

Autoridades prisionais russas disseram em comunicado publicado em seu site que Khodorkovski havia pedido para deixar o país para se encontrar com sua mãe, que passa por tratamento médico na Alemanha.

De acordo com o site da rede de notícias Deutsche Welle (DW), o vice-porta-voz do governo, Georg Streiter, afirmou que a chanceler Angela Merkel estava “feliz” com a libertação do magnata.

O empresário também publicou um comunicado em seu site agradecendo os esforços de Genscher, do Partido Democrático Liberal (FDP, em alemão), para que ele chegasse em segurança à Alemanha.

Pelo Twitter (veja abaixo), o filho de Khodorkovski, Pavel, comemorou a libertação. “Meu pai agora está solto e seguro na Alemanha. Obrigado pelo apoio que todos vocês deram para a minha família nos últimos anos”!, escreveu.

Ainda segundo a DW, o ex-ministro alemão afirmou que o traslado de Khodorkovski da Rússia para a Alemanha foi feito em um avião do empresário germânico Ulrich Bettermann, cuja empresa fornece equipamentos elétricos para importantes empresas de óleo e gás na Rússia.

 

Tudo o que sabemos sobre:

BerlimKhordorkovskiVladimir Putin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: