As frases mais inusitadas do príncipe Philip
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As frases mais inusitadas do príncipe Philip

Aos 95 anos, o duque de Edimburgo anunciou que se aposentará dos compromissos reais; veja algumas declarações famosas do marido de Elizabeth II

Redação Internacional

04 Maio 2017 | 12h10

LONDRES – O príncipe Philip, marido da rainha da Inglaterra II, anunciou nesta quinta-feira, 4, que se aposentará dos compromissos oficiais. Aos 95 anos, sendo quase 70 deles passados ao lado da monarca, ele é conhecido por seu humor e observações inusitadas.

Veja abaixo algumas de suas declarações mais famosas.

“Declaro isto inaugurado, seja lá o que for.”

Durante uma visita ao Canadá em 1969.

 

“As coisas começam a cair.”

Quando estava prestes a completar 90 anos, em 2011.

 

“As crianças vão à escola porque seus pais não as querem em casa.”

Falando a Malala Yousafzai, que quase morreu nas mãos dos taleban por defender o direito das crianças de ir à escola, em outubro de 2013. Sua declaração a fez rir.

 

“Há muitos de sua família por aqui esta noite.”

Fazendo piada com o sobrenome muito comum do empresário Atul Patel, em uma recepção de indo-britânicos em outubro de 2009.

 

“Sabia que estão criando cachorros que comem para os anoréxicos?”

Falando a uma mulher cega com seu cão-guia, em 2002.

 

“Ainda estão atirando lanças por aí?”

A um aborígene australiano, em 2002.

 

“Não voará nunca, está muito gordo.”

A um menino de 13 anos que confessou ao príncipe que sonhava em ser astronauta, em 2001.

 

“Surdo? Se você está perto dali, com certeza está surdo.”

A um grupo de deficientes auditivos que estavam próximos de uma banda musical, em 1999.

 

“Conseguiu que não te comessem, então?”

A um estudante que havia percorrido a pé o território de Papua-Nova Guiné, em 1998.

 

“Não tínhamos psicólogos correndo a cada vez que atirávamos, perguntando ‘você está bem?'”

Ao ironizar o estresse pós-traumático sofrido por soldados. O príncipe foi oficial da Marinha e combateu na 2.ª Guerra.

 

“Não, posso pegar uma doença horrorosa.”

Ao se negar a acariciar um coala em uma visita à Austrália, em 1992.

“Se vocês ficarem muito tempo, acabarão com os olhos puxados.”

A um grupo de estudantes britânicos durante uma visita à China, em 1986.

 

“Parece que você vai para a cama.”

Ao então presidente nigeriano Olusegun Obasanjo, sobre sua roupa tradicional, em 2003.

 

“É você quem dirige este carro horrível? Nós o vemos frequentemente quando vamos ao Castelo de Windsor.”

Ao cantor Elton John, em 2001.

 

“Todos queriam mais tempo livre. Agora se queixam de que não têm emprego.”

No pior momento de uma recessão econômica, em 1981.

/ AFP