As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

ASSISTA: Vídeo mostra Strauss-Kahn no dia de sua prisão em Nova York

Redação Internacional

10 de dezembro de 2011 | 05h49

PARIS – O canal de TV francês BFMTV divulgou nesta semana, pela primeira vez, imagens do ex-diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn, no dia em que ele foi preso em Nova York acusado de estupro por uma funcionária do hotel Sofitel.

Nas imagens, Strauss-Kahn aparece deixando calmamente o hotel . A camareira, Nafissatou Diallo, e dois outros funcionários do hotel também aparecem no vídeo – os dois últimos fazendo o que o canal de TV chamou de “dança de comemoração” pelo sucesso do que seria um complô contra DSK.

Strauss-Kahn não acabou punido pelo caso, já que os promotores desistiram de julgá-lo por considerar que as acusações da camareira não eram consistentes e porque não havia evidências o suficiente. O político francês, porém, teve sua imagem prejudicada. Ele liderava as pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais, que ocorrem no ano que vem, e era considerado o principal nome para concorrer pelo Partido Socialista.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.