Ativistas protestam nus em universidade da Califórnia contra corte de árvores
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ativistas protestam nus em universidade da Califórnia contra corte de árvores

Membros do Projeto TreeSpirit abraçaram troncos sem roupas para protestar contra projeto do governo que pode derrubar 450 mil árvores na região para evitar incêndios florestais

Redação Internacional

18 de julho de 2015 | 20h17

BERKELEY, EUA – Um grupo de ambientalistas nus protestou neste sábado, 18, no campus da Universidade da Califórnia, em Berkeley, contra um plano do governo estadual, que pretende cortar árvores nas montanhas de Oakland e Berkeley.

A manifestação foi organizada pelo Projeto TreeSpirit, famoso pelas fotos de pessoas “sem roupas, vulneráveis, celebrando as árvores e o mundo natural”. O grupo diz que até 450 mil árvores na região estão em risco em razão do projeto do governo.

Ativistas protestam contra o corte de árvores em campus da Universidade da Califórnia, em Berkeley.jpg

Ativistas protestam contra o corte de árvores em campus da Universidade da Califórnia, em Berkeley (Foto: REUTERS/Noah Berger)

Neste ano, a Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (Fema, na sigla em inglês) alocou US$ 6 milhões para o escritório de Serviços de Gerenciamento de Emergências de Vegetação da Califórnia para a remoção de árvores, especialmente de eucaliptos, que aumentariam os riscos de incêndios florestais.

O plano de remoção de árvores na Califórnia está em andamento desde que um incêndio em 1991 nas montanhas de Oakland e Berkeley matou 25 pessoas e destruiu mais de 3,5 mil casas depois de se alastrar por cerca de por mais de 6 mil metros quadrados.

Em uma nota enviada à imprensa, o Projeto TreeSpirit afirmou que cerca de cem defensores das florestas participariam da manifestação deste sábado, na Universidade de Berkeley.

Tudo o que sabemos sobre:

CalifórniaEUAUniversidade de Berkeley