Boeing 737 é transformado em restaurante no centro de cidade chinesa
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boeing 737 é transformado em restaurante no centro de cidade chinesa

Avião tem capacidade para 200 pessoas e foi adquirido por um empresário local da companhia aérea indonésia Batavia Air

Redação Internacional

04 de março de 2016 | 12h35

PEQUIM –  A cidade chinesa de Wuhan se deparou nos últimos dias com a surpreendente imagem de um Boeing 737 “estacionado” no centro da cidade, onde será utilizado como restaurante, informou nesta sexta-feira, 4, o portal de notícias China.com.

O avião, com capacidade para 200 passageiros, foi adquirido por um empresário local da companhia aérea indonésia Batavia Air, como é possível ver em sua fuselagem, e está rodeado de andaimes utilizados para trabalhos de remodelação que o transformarão em um estabelecimento de alimentação.

Boeing 737 é transformado em restaurante

Boeing 737 é transformado em restaurante (Foto: China.com)

Situado em uma das áreas comerciais mais movimentadas de Wuhan, uma cidade de 8 milhões de habitantes, o restaurante contará com um simulador de voo para entreter os comensais, situado em sua cabine.

No passado, empresários chineses adquiriram porta-aviões não mais utilizados para usá-los em iniciativas similares. No entanto, esta é a primeira vez que um avião comercial de grande porte é usado em um negócio do tipo.

O antigo porta-aviões soviético Kiev foi reconvertido em 2011 em um hotel de luxo no porto chinês de Tianjin, enquanto seu antigo companheiro de frota, o Minsk, é há 20 anos parte de um parque temático de Shenzhen, cidade vizinha a Hong Kong. /EFE

Tudo o que sabemos sobre:

Aviãoboeing 737Chinarestaurante

Tendências: