Bomba da 1ª Guerra mata dois na Bélgica
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bomba da 1ª Guerra mata dois na Bélgica

Redação Internacional

19 de março de 2014 | 17h29

Uma bomba da 1ª Guerra explodiu nesta quarta, 19, e matou dois pedreiros na cidade belga de Ypres, quase cem anos depois que o conflito começou. Na imagem acima, de 1919, a cidade é vista após o bombardeio de um local onde ficava um mercado municipal.

“Foi uma bomba que explodiu com quatro trabalhadores no local, um artefato convencional da 1ª Guerra. Um morreu na hora, outro a caminho do hospital”, disse o chefe de polícia local, Georges Aeck, acrescentando que um outro trabalhador estava em estado grave e outro em estado de choque.

Os quatro estavam atrás de um armazém em construção quando a bomba explodiu em circunstâncias que estão sob investigação.

Ypres foi fortemente bombardeada durante a 1ª Guerra, quando estava no centro de uma luta feroz entre os alemães e as forças aliadas.

Os militares belgas removeram ou asseguraram cerca de 629 toneladas de bombas, granadas e outros explosivos nos últimos quatro anos, principalmente em torno das antigas linhas de batalha da 1ª Guerra na Flandres Ocidental.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: