As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brad Pitt entrega 109 casas para famílias que perderam tudo com passagem do furacão Katrina

Projeto do ator contou com a participação de arquitetos renomados para entregar moradias coloridas, resistentes e ecologicamente corretas

Redação Internacional

27 de agosto de 2015 | 12h05

NEW ORLEANS, LOUISIANA – A devastadora passagem do furacão Katrina pela cidade de New Orleans completa 10 anos nesta semana. A reconstrução da região contou com os esforços dos governos federal, estadual e local, além da própria população e da celebridade hollywoodiana Brad Pitt.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, Pitt trabalhou para reconstruir as casas que foram destruídas com o desastre.

“Começamos isso de forma incrivelmente ingênua, apenas pensando que podíamos construir casas. Quão difícil é isso?”, disse o ator a um jornal local.

Apesar das dificuldades durante o processo de reconstrução, como a falta de conhecimento no setor burocrático, Pitt entregou 109 casas coloridas, resistentes e ainda ecologicamente corretas para as famílias que perderam tudo no lugar onde não havia sobrado nada além de lama e detritos.

“Sinto orgulho quando vejo esse pequeno oásis de cor e os painéis solares”, ressaltou o ator.

Entusiasta apaixonado por arquitetura, Pitt queria que a sua fundação Make It Right reconstruísse casas que não apenas atendessem às necessidades dos moradores, mas que também fossem bem projetadas, ecologicamente corretas e baratas de se viver.

“Eu vou até o bairro, vejo pessoas em suas varandas e pergunto como a casa está as tratando? Elas dizem ‘bem’. Pergunto sobre a conta de luz e elas dizem que o gasto é de mais ou menos ‘uns US$ 24’ e eu me sinto ótimo”, disse Pitt.

O ator americano utilizou sua lista de contatos para conseguir com que alguns dos melhores arquitetos do mundo, como Shigeru Ban, Thom Mayne e Frank Gehry, projetassem algumas das casas futuristas. A área hoje se tornou uma das atrações turísticas de New Orleans.

“Você não tem que construir moradias de baixo orçamento com os materiais mais baratos, mantendo as pessoas na pobreza”, disse Pitt, que não revelou ao Daily Mail se usou o seu próprio dinheiro nas reformas. Mas disse que todo o projeto de reconstrução custou US$ 26,8 milhões, uma média de US$ 150 mil por casa.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Brad PittfuracãoKatrinareconstrução