Cachorro de Macri ‘assume’ Casa Rosada
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cachorro de Macri ‘assume’ Casa Rosada

Mascote do opositor argentino tem o nome da rua onde fica a sede presidencial do país

Redação Internacional

06 de agosto de 2015 | 16h21

Por: Rodrigo Cavalheiro / CORRESPONDENTE BUENOS AIRES

Foto: Reprodução / Twitter

Foto: Reprodução / Twitter

A mascote do candidato opositor Mauricio Macri realizou o desejo que o dono cultiva. Balcarce, um vira-latas que leva o nome da rua em que fica a sede presidencial argentina, assumiu sua Casa Rosada. A foto de ambos foi publicada nesta quinta-feira, 6, no Twitter do candidato conservador, principal nome da oposição ao kirchnerismo.

O cachorro tem acompanhado Macri em sua estratégia de busca de votos porta a porta na região metropolitana de Buenos Aires. Uma das assessoras encarregadas de preparar o terreno para o candidato nas casas que ele visita com hora marcada acumula a função de babá do animal. Outra parte do contato com o eleitores se dá ao acaso, com Macri tocando a campainha das residências e perguntando se ali se discute política e se os moradores acham que poderiam viver melhor.

A mistura entre animais e política não é inédita no país. Cristina Kirchner, despois de uma operação na cabeça em 2013, reapareceu com Simón (referência ao herói sul-americano Bolívar), um macuchí doado por Hugo Chávez. Daniel Scioli, o candidato kirchnerista à presidência, apareceu no Natal em fotos dorrmindo com Nonito.

Balcarce foi apresentado em maio e tem sua própria conta de Twitter – a exemplo do dono, ele também publicou a foto, sob o título Tenho Casita Nueva. A “Casinha Rosada” tem cor semelhante, mas ganhou um formato mais vertical, para adaptar-se ao novo inquilino.