Casal morre em parque da Califórnia aparentemente tirando uma selfie
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casal morre em parque da Califórnia aparentemente tirando uma selfie

Cerca de 259 pessoas morreram em todo o mundo nos últimos anos enquanto faziam selfies, de acordo com um estudo publicado no início deste mês no Journal of Family Medicine and Primary Care

Redação Internacional

30 de outubro de 2018 | 18h22

LOS ANGELES – Um casal indiano morreu ao cair em um abismo no Parque Yosemite, na Califórnia enquanto, supostamente, fazia uma selfie, informou um parente e meios de comunicação.

Vishnu Viswanath, de 29 anos, e Meenakshi Moorthy, de 30, morreram na semana passada ao caírem do Taft Point, um mirante popular no parque que não tem parapeito. Seus corpos foram recuperados na quinta-feira pelos guardas do parque.

Casal registra, sem querer, últimos momentos de Vishnu, que aparece de cabelo rosa no fundo da foto. Foto: AP

O irmão de Viswanath disse à imprensa local na Índia que acredita que o casal estava fazendo uma selfie quando a tragédia aconteceu.

O casal, que morava nos Estados Unidos, era entusiasta de viagens e tinha um blog chamado Holidays and HappilyEverAfters no qual relatava as suas aventuras.

Visualizar esta foto no Instagram.

CHASING SUNSETS or CHASING LIKES ??? 😛 ... Sooo today on #socialmediabadasstribe we are talking about limits of #doitforthegram.😶Yeah sure it can be limitless but guys, we reaaaallly need to have boundaries(this is handy as life lessons too but we will revisit that later😉) A lot of us including yours truly is a fan of daredevilry attempts of standing at the edge of cliffs ⛰and skyscrapers🌆, but did you know that wind gusts can be FATAL??? ☠️ Is our life just worth one photo? ... When we squirm at another selfie attempt gone south 😱 from a skyscraper, let’s remember to save that in our core memory 🧠 and not the memory dump 🛢(I am still on the Inside Out 🎬 train y'all 😬) Same applies when we get our knickers in a twist and hog a spot till we get the perfect shot🙄 I know I know, I am guilty as charged for all of this 🤦‍♀️ and if I didn’t have Mr. Two Goody Shoes, Vishnu 🤭 with me, I am not even sure if I would have written this post. ... Let us all try to be responsible digital citizens and use our “numbers” to be transparent and honest, shall we?🤗 None of us is perfect and the more we accept it and share our flaws as much as our wins, we are one step closer to creating a sane social media without the scary brouhahas.💕✨ ... Still there?👀 Woohoo, a backflip is in order, or wait maybe a pizza? 🍕 What about a unicorn ice-cream 🦄 🍦 with some Disney-approved cotton candy 🍭🍬 and pixie dust infused sprinkles 🧚‍♀️ if…..IF you could tell me the one time you were effin’ proud of being candid and real AF in social media? 😎 ... PS - Not sponsored but sweatshirt is from @radearthsupply • • • #grandcanyonnps #northrim #instagramaz #visitarizona #travelarizona #shotzdelight #discovertheroad #usaroadtrip #visittheusa #outdoorsusa #exploretheusa #womenwhoexplore #iamtb #radparks #thediscoverer #gtgi #sheisnotlost #wearetravelgirls #hikemore #radgirlslife #travelreality #dreamscape @womenwhoexplore @visit_arizona @visittheusa @shotzdelight

Uma publicação compartilhada por TravelCreatives❤️Minaxi+Vishnu (@holidaysandhappilyeverafters) em

Em uma publicação recente no Instagram, MoorThy publicou uma foto sua sentada na beira do Grand Canyon e refletiu sobre a “temerária” ação. “A nossa vida vale uma foto?”, escreveu.

As autoridades anunciaram que a investigação das mortes pode levar vários dias.

O casal caiu quase 245 metros do Taft Point até uma área com terreno íngreme, e os socorristas tiveram de usar um helicóptero para recuperar os corpos.

Cerca de 259 pessoas morreram em todo o mundo nos últimos anos enquanto faziam selfies, de acordo com um estudo publicado no início deste mês no Journal of Family Medicine and Primary Care.

A maior parte das mortes aconteceu na Índia, onde foram reportados 159 casos deste tipo desde 2011, segundo a análise. / AFP