Chávez diz que recebeu mais de 288 mil pedidos de ajuda pelo Twitter
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chávez diz que recebeu mais de 288 mil pedidos de ajuda pelo Twitter

Robson Morelli

21 de julho de 2010 | 16h09

Chávez e o seu Blackberry. Foto: Reuters

Chávez e o seu Blackberry. Foto: Reuters

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou que seu governo recebeu mais de 288 mil pedidos de ajuda de cidadãos do país pelo Twitter desde que ele abriu o perfil no microblog (@chavezcandanga), há cerca de 3 meses.

Candanga é uma palavra usada em vários países para se referir ao diabo. Na Venezuela, denota que o castigo será tão severo que aquele que errou veráo diabo. Chávez tem uma equipe de mais de 200 pessoas para acompanhar as mensagens enviadas para ele. O presidente tem mais de 676 mil seguidores.

Dos 288 mil pedidos de ajuda, 19 mil foram pedidos de emprego, 17 mil por moradia, 12 mil por dinheiro e 7 mil por ajuda legal. Outras 139 mil mensagens ofereciam apoio, 88 mil com reclamações sobre alguém e  66 mil críticas ao seu governo.

Tudo o que sabemos sobre:

Hugo Chávez (Venezuela)Venezuela

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.