As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

China divulga lista de 120 músicas proibidas

Canções foram censuradas por incitar obscenidade, violência, crime ou imoralidade; lista inclui "Diário de um suicida" e "Hooligans de Pequim"

Redação Internacional

11 de agosto de 2015 | 08h06

PEQUIM – O Ministério de Cultura da China publicou nesta terça-feira, 11, uma “lista negra” de 120 músicas que deverão ser retiradas das páginas de internet por incitar “obscenidade, violência, crime ou imoralidade social”.

A lista inclui canções como “Diário de um suicida”, “Não quero ir à escola” e “Hooligans de Pequim”, que, segundo um comunicado do Ministério, estarão vetadas tanto em sites corporativos como pessoais.

As músicas proibidas são cantadas em mandarim, algumas delas interpretadas por populares artistas orientais como os taiwaneses Stanley Huang e Chang Csun Yuk, autor de controvertidas canções como “Peido” e “Amo meninas taiwanesas”.

O Ministério também ameaçou com “graves castigos” os que não respeitarem a lista de músicas censuradas, que será atualizada periodicamente, segundo informou o responsável no órgão por mercados culturais, Liu Qiang, à agência Xinhua. /EFE

Tudo o que sabemos sobre:

censuraChinamúsicas