As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com eleição de Bachelet, América Latina terá 4 países presididos por mulheres

Redação Internacional

16 de dezembro de 2013 | 17h39

[galeria id=8765]

A partir de 2014, quando a socialista Michelle Bachelet reassumir a presidência do Chile, depois da vitória arrasadora no domingo, 15, a América Latina passará a quatro países comandados por mulheres.

Também são presididos por mulheres o Brasil, de Dilma Rousseff, a Argentina, de Cristina Kirchner e a Costa Rica, de Laura Chinchilla.

Na região, 11 mulheres já ocuparam o cargo, sendo que oito foram eleitas e três assumiram interinamente. A Bolívia, o Haiti, a Nicarágua, o Equador, a Guiana, e o Panamá são outros países latino-americanos que já foram presididos por mulheres.

Além disso, dois países do Caribe tem primeiras-ministras mulheres: Trinidad e Tobago, de Kamla Persad-Bissessar e a Jamaica, de Portia Simpson-Miller.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.