As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Correspondente do ‘Estado’ em Pequim participa de conversa na quinta sobre transição política no país

Redação Internacional

14 de novembro de 2012 | 15h35

Transição na China

SÃO PAULO – Com o encerramento do 18º Congresso do Partido Comunista chinês e a escolha de sua nova liderança, na mais ampla mudança na cúpula de poder na China em uma década, a correspondente do Estado em Pequim, Cláudia Trevisan, participa de conversa na quinta-feira, 15, sobre o processo de transição. No bate-papo, pelo Hangout, Cláudia abordará o perfil dos novos dirigentes do país, Xi Jinping e Li Keqiang, cuja ‘eleição’ deverá ser confirmada na quinta.

e1bfe6c1fe5d47ef8b4e8ae2fea6a857_e1bfe6c1fe5d47ef8b4e8ae2fea6a857_0.jpg

Veja também:
Correspondente comenta clima no país às vésperas de transição

Além de Xi e Li, o país passa para as mãos de uma cúpula que, ao que tudo indica, deverá ter maioria conservadora. Os desafios que eles terão de enfrentar na condução da segunda maior economia do mundo, a possibilidade de reformas, as disputas entre facções e a influência do ex-presidente Jiang Zemin também estarão na pauta da conversa. O Hangout, ferramenta de bate-papo com vídeo do Google, começa às 12h (horário de Brasília).

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.