Cronologia: a crise de Maduro e Guaidó na Venezuela
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cronologia: a crise de Maduro e Guaidó na Venezuela

Relembre passo a passo a disputa pelo poder entre o presidente chavista e o líder opositor, que clamou para si o poder e foi reconhecido por países da região

Redação Internacional

30 Janeiro 2019 | 15h42

O mais recente capítulo na duradoura crise econômica e política da Venezuela teve início depois que Nicolás Maduro assumiu o segundo mandato como presidente do país, no dia 10 de janeiro.

O líder opositor Juan Guaidó, que assumira a presidência da Assembleia Nacional cinco dias antes, convocou protestos nacionais contra o chavista e autodeclarou-se presidente interino, recebendo apoio de países da região, incluindo EUA e Brasil.

Opositores protestam contra Maduro na Praça Altamira, em Caracas (Yuri CORTEZ / AFP)

Opositores protestam contra Maduro na Praça Altamira, em Caracas (Yuri CORTEZ / AFP)

Relembre abaixo as principais medidas tomadas pelo chavismo, pela oposição e também as mais relevantes reações internacionais ao caso.

Mais conteúdo sobre:

VenezuelaNicolás MaduroJuan Guaidó